UMA ORAÇÃO URGENTE: LIVRA-ME!

“Livra-me”, esta é uma expressão presente em muitos trechos das Escrituras Sagradas. Todavia, por que tantas vezes é repetida? Será que realmente somos livres para fazer o que quisermos? Até onde estamos livres? Será que não precisamos de libertação em nossas vidas? Será que algo nos prende?

Certamente que sim. Muitas vezes nossa liberdade é ilusória, pois na realidade estamos escravizados à circunstâncias onde apenas o Filho de Deus pode acudir e libertar. Jesus mesmo disse em Jo 8.36: “se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”. Jesus quer trazer alívio a sua alma, meu irmão (a); quer livrá-lo do mal, como enfatiza a oração que ele mesmo ensinou (Mt 6.13). Diga, ore bem alto para o Senhor: Livra-me! 


1) LIVRA-ME DOS MEUS INIMIGOS! 

O Salmo 143.9 diz: “Livra-me, SENHOR, dos meus inimigos; pois em ti é que me refugio”. Quem é seu inimigo? É Satanás? O mundo? Será você mesmo? Não será sua inimiga aquela vontade louca de beber, fococar, fumar, mentir, pecar... Não deixe as correntes do pecado amarrem você! Clame ao Senhor: livra-me! Ele livrará, verdadeiramente serás livre! 

2) LIVRA-ME DOS LÁBIOS MENTIROSOS! 

Outro Salmo, o 120, mostra a seguinte petição: “SENHOR, livra-me dos lábios mentirosos, da língua enganadora”. A língua é fogo! É mundo de iniqüidade! Ela pode contaminar o corpo inteiro (Tg 3.6)! Lembre-se que das seis coisas que o Senhor aborrece a língua mentirosa é uma delas (Pv 6.17). Peça a Deus que livre você deste mal. Diga: “Livra-me, Senhor!” e Ele te livrará, verdadeiramente serás livre! 

3) LIVRA-ME DO TREMEDAL DE LAMA! 

Essa expressão está localizada no Salmo 69.14: “Livra-me do tremedal, para que não me afunde; seja eu salvo dos que me odeiam e das profundezas das águas”. Esta expressão certamente quer nos dizer algo. Um tremedal é um pântano que, na Bíblia, é usado para ilustrar o pecado e a degradação moral. Logo, a oração do salmista é: livra-me da degradação moral que me assedia! Por isso, não deixe de clamar pelo livramento do Senhor Jesus e verdadeiramente serás livre! 

4) LIVRA-ME DOS CRIMES DE SANGUE! 

O Salmo 51.14 diz: “Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus”. Quais são os crimes de sangue? Para Davi, escritor do Salmo, são o adultério com Bate-Seba e a morte de Urias. Davi buscou a libertação da culpa de sangue no tangente a esses crimes. Como conseqüência natural, sua língua nunca cessaria de proclamar a fidelidade de Deus, que proporciona o verdadeiro perdão a todos os penitentes. Ele pediu e foi verdadeiramente liberto. 

Diga hoje e agora: “Livra-me, Senhor!” Se você precisa se libertar de algo basta pedir. 

Rev. Ângelo Vieira da Silva 
Pastor da 1ª Igreja Presbiteriana de Resplendor

Comente essa postagem aqui:
EmoticonEmoticon